Femdom

Buceta lamber fotos de adolescentes nuas

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

Milf japonesa sofia rosa nude
fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

fotos buceta adolescentes nuas de lamber

Passaporte em O arquiteto Olbrich a construiu. Eu a via através do espelho de aumento. Olhos esbugalhados, órbitas em evidência.

Ela passava rímel e cada cílio disparava uma frase. Falava sem parar. Andava pela casa, catava lenços largados, sapatos pelos cantos, casacos pendurados. A casa, uma bagunça só. Com certeza é a cara dela esta desordem.

Esta pelo menos acertou chegar sem eu ter que rebocar da esquina. Formada ainda por cima. Deve ter se apavorado com o meu jeito e o meu bafo de alho.

Tô pagando e caro por hora pra ficar mais da metade do tempo vendo tv ou dormindo. Ainda bem que dei bastante coisa pra ela fazer.

Cê pensa que é mole, fofa? Sim, ajuda! Imagina, eu ocupadérrima, louca, levar meia hora pra convencer dois pestinhas a entrar na banheira e depois mais meia hora pra convencer de saírem da banheira? Tô fora! Tem umas que chegam e passam meses lavando o cabelo todo dia. Ok, daqui uns 5 anos a gente conversa. Qual é o problema de dormir aqui? Odeio gente com frescura. Mas isto me quebra. Ter que voltar cedo pra ela poder pegar o metrô. É pedir muito, mas de noite se bater uma fome… Além de livro da próxima vez eu trago comida também.

Nem ofereci a janta… Melhor ficar quieta, ai que horror. Nunca pensei que um dia eu me transformaria nesta pessoa que eu sou! Anéis, colares… Nossa, quanto apetrecho! Esta é perua mesmo. Melhor ficar na minha e fingir que sou super segura. Quatro, cinco… Acho que rola mais um colar… Ah, e claro: um par de belos brincos!

Bom, o resto é com ela. Portanto é sempre bom ter as rédeas sob controle. Precisava fazer esta cara como se eu tivesse uma doença contagiosa?

O tipo do cara que diz:. Lina gritava encarando a tela do laptop. Ela continuava pagando o maior esporro pro monitor. Cadê a sacanagem, pessoal? O que vai ser do mundo daqui a alguns anos? Onde nós vamos parar deste jeito? Pra variar, ela partiu fundo pro esquema Lavínia de falar, uma coisa puxa a outra que puxa a outra e cai tudo junto.

Mas pra isto é sempre bom ter uma vítima por perto. E gostava até que fosse assim. A distância certa entre ela e o mundo ao redor. Ela era capaz de ficar sentada no corredor por horas olhando aqueles dois quadros. Deu milhões de voltas até chegar aqui nesta cidade e mais milhões para chegar no estado em que se encontra: casada e feliz.

Dois ingredientes para um bom casamento que ela mesma teve que descobrir: Romantismo e pornografia, sem dramas nem censuras. Mas agora, neste momento, ela estava preocupada com a falta do segundo componente desta dualidade ideal: a sacanagem.

E continuava procurando o marido pelos corredores do apartamento. E vai logo continuando a palestra sem se dar o trabalho de introduzir o tema: — Ai que saudade dos tempos perversos! Eu mijava no box e me achava super subversiva. Ah, perdeu a graça! O melange esfriando na xícara. Finge interesse. Ela avança com a bateria. Bumbo mandando ver. O que vai ser do mundo com estes jovens? Meu sobrinho mesmo, sabe o que ele fez?

Ela pega ele pelo braço, que tenta continuar lendo a notícia, dando apenas sua presença auditiva. Pra Lina, muito pouco. O marido lembra da família de Lina. Almoço de domingo no Brasil é uma loucura, 10 exemplares de Linas andando pela casa berrando e gesticulando. Cutucando, puxando os braços, virando os rostos uns dos outros. Me olhem, me escutem, me sintam! Isto é um vexame! Uma afronta aos bons costumes! Digo aos maus-costumes! Pandeiro eufórico? Reco-reco frenético?

Aí seria demais! Acabei de receber. Até as crianças aderiram ao linguajar peculiar da família. Ele arregaça as mangas da camisa, deixa os bíceps bem delineados à mostra e faz um movimento como se estivesse socando a mandioca: — Você sabe como se faz manteiga?

Pois é, a gente tem que socar ela assim! Genau total! Me faz virar manteiga! Os olhos de Lina brilharam como criança aprendendo uma nova letra. Tô atrasada. Ele sempre estremece nestas horas por que nunca acredita que ela tem o total controle deste simples gesto. Como sempre, literalmente enrolada com cachecol, luvas, boinas e como sempre amaldiçoando o inverno. Cadê a outra luva? Bussi, bussi, Schatz! Ele ainda fala em português: — Quando você voltar, te ensino a fazer manteiga, gustosa!

Que ecoa pelos corredores do prédio construído com pura poesia vienense de fins do século XIX. Ela avança descendo as escadas. Maçanetas ondulantes abrem contentes as divisórias de vidro. A Altbauwohnung apartamento antigo cai de novo na paz original austral. No mínimo, surreal! Fala logo, como se escreve gepudert? Os costumes, as pessoas, uma casa de café e um pouco de história.

A entrevista na Casa de Café: Começa no segundo minuto Passaporte em Bitte, curtam, comentem, compartilhem. Na penteadeira. Vou enfiar estas crianças na cama às 8 da noite e acabar de ler meu livro. Que país é esse que eu fui arrumar pra viver?

Que nota é esta, minha santa? Que sotaque é este? Da clara mas sou, ora! Com samba no pé e melanina abundante no sangue?

0 Comment

Leave a Comment

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google